apoio

Expert Insight

Prof. Doutor Francisco Antunes comenta a mudança de paradigma na terapêutica antirretrovírica

Atento às sessões da IAS 2021 e à evidência apresentada quanto às novas estratégias da TARV, que apontam para a utilização de estratégias com dois fármacos e com injetáveis, o professor jubilado da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, e especialista em doenças infeciosas, partilha aqui um artigo da sua autoria analisando a palestra da Dr.ª Jennifer HOY, Austrália, na sessão “Prime session Antiretroviral therapy: Time to change the paradigm?”.

Ver mais

Implementação do tratamento antirretrovírico injetável na prática clínica

“Cabotegravir/rilpivirina é, até ao momento, o único fármaco antirretrovírico injetável aprovado para o tratamento do VIH.” A autora desta afirmação é a Dr.ª Maggie Czarnogorski, head of Innovation and Implementation Science na ViiV Healthcare. A Dr.ª Maggie Czarnogorski, que falou na conferência de imprensa do dia 21 de julho, lembrou que este fármaco, já aprovado nos EUA, foi alvo de uma avaliação no estudo CUSTOMIZE (cujos resultados ao final de 12 meses foram recentemente apresentados na IAS 2021) e no CARISEL (estudo conduzido na Europa), cujos resultados estão previstos para o final de 2021.

Ver mais

“O estudo SALSA é o segundo ensaio de switch a confirmar a não-inferioridade de DTG/3TC”, diz o Prof. Doutor Josep Llibre

Os dados às 48 semanas do estudo de switch SALSA (fase 3), apresentados recentemente na IAS 2021, confirmam a não-inferioridade do regime de dois fármacos antirretrovíricos (2DR), composto por dolutegravir/lamivudina (DTG/3TC), versus continuação do regime de tratamento antirretrovírico atual (CAR, sigla do inglês para “current antirretroviral regimen”), composto por três ou mais fármacos. Estes resultados foram apresentados, numa conferência de imprensa, pelo Prof. Doutor Josep Llibre, investigador principal do estudo SALSA.

Ver mais

Estudo avalia morbi-mortalidade da hepatite B e C na Grécia, Itália, Portugal e Espanha

“Hepatitis B and C morbidity and mortality in Greece, Italy, Portugal and Spain: results from the Global Burden of Disease Study 2019” é o trabalho, apresentado, em formato de e-poster, na IAS 2021, por Cláudia Palladino, e investigadora na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa. Cláudia Palladino, autora principal do estudo – conduzido em conjunto com Ifeanyi Jude Ezeonwumelu, Verónica Briz e Nuno Taveira – resumiu, no artigo que se segue escrito pela própria, as conclusões deste trabalho.

Ver mais
Pág. 1 de 3

Newsletter

Receba em primeira mão todas as notícias

TODOS OS CONTEÚDOS SÃO DA EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DA NEWS FARMA.